Menu

Blog

6 estratégias para prospectar clientes utilizando mídia programática

Hoje, a propaganda programática está reformulando a forma como o estoque de mídia digital é comprado e vendido e um dos principais tipos de campanhas programáticas é a prospecção.

As campanhas de prospecção colocam seus anúncios na frente de usuários que talvez não conheçam sua marca.

Normalmente, esses tipos de campanhas são usados ​​para lançar uma ampla rede e são uma maneira perfeita de conscientizar sua empresa, produtos ou serviços.

De acordo com a empresa americana eConsultancy, quase dois terços dos comerciantes (62%) estão usando publicidade programática para campanhas que envolvem sua marca.

Mas você sabe como investir na mídia programática? Sabe quais são as melhores estratégias para prospectar seus clientes?

Fique tranquilo. Nesta publicação, a Neoplan irá discutir várias táticas que você pode usar em seu DSP (Display Side Platform) para direcionar os usuários interessados ​​em seu produto ou serviço, mas talvez não estejam familiarizado com sua marca.

 

1. Otimize para poder identificar

Uma campanha de prospecção começa com uma ampla segmentação e usa os resultados para construir um grupos de anúncios.

O complicado mesmo é conseguir definir o quê um determinado grupo pensa. A realidade é que talvez não possamos saber tanto quanto pensamos.

O público-alvo não está tão consolidado quanto tendemos a pensar, com a internet dando às pessoas a liberdade de explorar uma ampla gama de interesses ecléticos.

Por exemplo, um cliente da Harley Davidson também pode ser um profissional com interesses que você não associaria necessariamente a um motociclista, como vinhos finos ou filmes europeus.

Portanto, segmentar apenas sites de motocicletas pode não ser a melhor maneira de obter um anúncio na frente das perspectivas interessadas.

É por isso que os profissionais de marketing devem começar com um alvo amplo e diminuir uma vez que os dados começam a fluir. Com os dados certos, uma imagem dos usuários do alvo real começa a tomar forma.

 

2. Faça a Segmentação básica

Todos os DSP hoje oferecerão essas funcionalidades básicas de segmentação que sempre devem ser usadas para configurar uma campanha de prospecção base.

  • Início – Data final
  • Segmentação geográfica
  • Orçamento estimulante
  • Capacidade de frequência
  • Day Parting
  • Segmentação de dispositivos
  • Segmentação contextual

Isso garantirá que você não cometa erros, como o esgotamento do seu orçamento em cinco minutos, na cidade de São Paulo, quando você deveria ter realizado uma campanha de um mês em Feira de Santana, Bahia.

 

3. Execute a separação dos dias (Day Parting)

A separação do dia permite que você agende as horas do dia de quando enviar impressões ou não. Poderia haver uma infinidade de razões pelas quais você pode não querer oferecer em impressões durante determinadas horas do dia.

Por exemplo, se você está tentando vender ingressos de filmes on-line e sabe que seu público-alvo não começa a clicar em seus anúncios até a hora do almoço, pode fazer sentido excluir o tráfego antes das 11h.

Isso garante que você não desperdice seu orçamento em impressões que não produzem resultados.

Alternativamente, você poderia estar executando uma campanha mais sofisticada, onde você oferece cupons de almoço para usuários que estão na proximidade da sua hamburgueria, visando-os com base na localização do GPS do telefone celular.

Muito provavelmente, você gostaria de executar esse tipo de campanha antes e durante a hora do almoço para alcançar o máximo desempenho.

Como com outras opções de segmentação, quando incluir ou excluir um determinado período de tempo deve ser determinado examinando os dados.

É essencial analisar os períodos de tempo que os usuários clicam ou convertem e, quando não, e excluem os períodos de baixa conversão ou reduzem os níveis de lance.

 

4. Utilize o Orçamento estimulante (Budget Pacing)

Budget Pacing é um desses recursos que cada DSP tem, mas alguns são melhores do que outros.

A maioria das plataformas permitirá que você defina um orçamento geral para uma campanha e, em seguida, a plataforma irá dividi-la automaticamente em um gasto diário.

Algumas plataformas também oferecem a opção de corrigir manualmente o seu gasto diário, o que lhe dá a flexibilidade para acelerar o seu orçamento, mas exigirá mais trabalho.

Ambas as opções de estimulação garantirão que você gaste o orçamento alocado no tempo alocado. Mas é essencial lembrar de manter o olho no orçamento para garantir que seu gasto diário não se atrase.

 

5. Faça a segmentação por dispositivos

A segmentação por dispositivo é outra ferramenta muito útil que permite incluir ou excluir dispositivos, sistemas operacionais e, em alguns casos, navegadores pares.

Pessoalmente, eu gosto de executar campanhas individuais para dispositivos móveis e desktop, uma vez que as técnicas de otimização serão muito diferentes para ambos.

Também é aconselhável a execução de campanhas individuais para o inventário de internet móvel e de aplicativos móveis.

Além disso, você pode querer considerar excluir dispositivos como consoles de jogos, pois há tráfego limitado em consoles e as conversões normalmente são bastante baixas.

Além disso, você pode querer excluir o Safari para iOS, pois eles não permitem cookies de terceiros por padrão e tornam mais difícil rastrear conversões.

Como sempre, faça a análise e veja o que faz mais sentido para sua empresa antes de otimizar suas campanhas.

 

6. Faça a segmentação contextual

A segmentação contextual é publicidade para um usuário específico com base no assunto na página que ele ou ela está visitando.

Eu gostaria de referir a segmentação contextual como a segunda camada de segmentação.

Como funciona? Normalmente, uma página do site é categorizada por bots que rastreiam a página e categorizam-na com base no conteúdo da página. Os anunciantes podem selecionar a categoria de assunto que eles desejam segmentar.

Uma coisa a ter sempre em mente é que os próprios editores declaram a categoria contextual em que eles sentem que deveriam estar incluídos.

Também há algumas desvantagens com o sistema, especialmente quando se trata de sites com conteúdo gerado pelo usuário, como fóruns.

As campanhas de prospecção são claramente uma ferramenta poderosa para preparar qualquer esforço intensivo de publicidade digital.

Ao seguir essas dicas e alavancar as ferramentas apresentadas, os anunciantes podem aproveitar ao máximo essas campanhas de prospecção programática.

 

Conclusão:

Agora você já sabe quais são as principais estratégias para alçar voos mais altos com a mídia programática. Seguir estes passos é de suma importância para que você consiga alcançar seus objetivos no Marketing Digital.

A Agência Neoplan possui os profissionais mais qualificados para lhe auxiliar nas suas estratégias de mídia programática.

Entre em contato conosco através dos nossos meios de comunicação e conheça pessoalmente todas as ferramentas que possuímos para fazer com que a sua empresa se torne referência na sua área.

A Agência Neoplan agradece a sua visita! Até a próxima!