Menu

Blog

As falhas do mundo digital

As falhas do mundo digital

Desde o surgimento da internet o mundo nunca mais parou de mudar e evoluir. A humanidade percebeu que ela facilitava muito a vida e agilizava processos que antes demoravam ou eram feitos manualmente, o que tornava tudo mais lento. Ir ao banco, passar compras nos mercados, ir até uma lotérica, estudar, conversar com alguém que morava longe. Enfim, tudo era muito mais complicado e demandava tempo.

Até mesmo atividades cotidianas como ler um jornal, ler bula de remédio, fazer trabalhos de escola, compras, tudo é feito através dessa tecnologia tão revolucionária e que tornou a humanidade escrava e dependente em todos os aspectos da vida, sem dar opções além de aceitar os termos de uso e privacidade.

Com a internet o mundo ficou mais ágil e os processos muito mais rápidos. O lado negativo foi que nos tornamos dependentes e quando alguma falha ocorre no mundo digital, o resultado é sentido no mundo físico, muitas vezes tomando proporções gigantescas.

Vejamos abaixo algumas vezes em que os acontecimentos do mundo digital impactaram o mundo físico.

1 – Mega vazamento de dados Serasa

No início desse ano houve um grande vazamento de dados pessoais de mais de 220 milhões de Brasileiros, número maior do que toda a população do país pois inclui, também, dados de pessoas falecidas.

A lista é extensa e inclui dentre os dados que ficaram expostos estão nome completo, RG, CPF, data de nascimento, gênero e score de crédito. Isso é bem preocupante devido ao grande número de golpes que vem ocorrendo nos últimos anos no país.

2 – Vazamento de dados do Facebook

Dados pessoais de mais de 553 milhões de pessoas, em 109 países do mundo foram vazados durante um ataque hacker ao Facebook. Pelo menos 8 milhões desse total são contas pertencentes a pessoas do Brasil. Dados como nome completo, endereço, números de telefone e até biografia estão entre os vazamentos.

Não é a primeira vez que isso acontece. Em 2019 outro vazamento envolvendo o Facebook ocorreu, e milhares de informações pessoais foram expostas. A falha foi encontrada e resolvida, mas muitas outras existem.

3 – Ataque hacker a JBS

A maior processadora de carne do mundo, a JBS, passou por um ataque hacker em maio desse ano, onde os sistemas da empresa em vários países ficaram inoperantes e fábricas sem funcionar.

Após investigações verificou-se que a causa foi um Ransomware que bloqueia o sistema, liberando-o apenas após algum pagamento. Para que tudo voltasse ao normal foi necessário que a empresa desembolsasse U$11 milhões (cerca de R$57 milhões de reais) para resgatar os sistemas e voltar à normalidade.

4 – Falha global da British Airlines

Em 2017 a companhia aérea sofreu uma falha global que afetou o call center, o site da empresa e também o aplicativo para smartphones. Além disso tudo acarretou no cancelamento de mais de mil voos que sairiam dentro de um período de tempo.

O espelho disso no mundo real, além dos cancelamentos, foram vários aeroportos de Londres lotados e numa situação caótica. Visando ganhar em cima disso vários hotéis naquela área aumentaram os preços, deixando muitas pessoas sem escolha.

Até quando as falhas vão continuar

Viu só? Não são os robôs que vão dominar o mundo, é a internet (e já faz isso há mais de 20 anos).

E esses foram apenas alguns dos grandes casos de falhas, mas não se engane. Elas ocorrem frequentemente até na sua cidade, quando você vai até a lotérica pagar uma conta e o sistema está fora do ar, por exemplo. Ou até mesmo quando precisa fazer um Pix para alguém e o aplicativo do banco está em manutenção.

Hoje em dia ela exerce muito mais poder sobre a humanidade do que podemos imaginar. Estamos em um estágio onde a vivência é baseada nisso e qualquer erro ou falha afeta diretamente. As falhas tendem a continuar acontecendo, ainda mais se tratando de uma rede quase infinita, onde o mundo todo de converge em apenas um local.  

Qual sua opinião sobre isso?

Deixe um comentário